Distrito de Maristela




Por volta de 1881, a vila nasceu em conseqüência da parada de trens da sorocabana, no quilômetro 206, apenas para abrigar os passageiros numa estação de tábuas. Era conhecida por “Parada José Alves”.

Em 11 de novembro de 1916, inaugurou-se a atual estação de estrada de ferro com o nome de Maristela, em homenagem à filha do Presidente do Estado, Dr. Altino Arantes.

Em 24 de dezembro de 1948, devido ao progresso, o local passou a distrito da paz, pela Lei nº 233.

As atividades econômicas da vila eram essencialmente agro-pecuárias, até que em 1925, José Pieroni trouxe à Maristela a energia elétrica sob expensas próprias. Com a rede elétrica puderam instalar-se máquinas de algodão, de café, arroz, moinhos de fubá e derivados. Além disso, surgiram oficinas de consertos de veículos e de artefatos agrícolas. Grande desenvolvimento ocorreu mais recentemente na área de avicultura, tornando o distrito um dos grandes pólos de granjas do Estado. Hoje o Distrito é cortado pela Rodovia Marechal Rondon e abrange grande parte das Indústrias de Brinquedos do Município.

Trechos extraídos do Livro dos “100 anos da Paróquia São João Batista”

 

Destaques

Canal Informativo

 

Cadastre o seu email e receba as notícias da Prefeitura:

 

Prefeitura de Laranjal Paulista - Praça Armando de Salles Oliveira, 200 - Centro - E-Mail: comunicacao@laranjalpaulista.sp.gov.br - CEP: 18.500-000

© Todos os direitos reservados - Desenvolvimento e Gestão do Web Site: Orion Internet e Multimídia e Secretaria Municipal de Governo

Créditos