Prefeitura do Município de Laranjal Paulista

Notícias
11/03/2019
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter

Campanha de Combate à Tuberculose começa na segunda-feira

Laranjal Paulista inicia na próxima semana mais uma ação de saúde preventiva. Trata-se da Campanha de Combate à Tuberculose. O objetivo é fazer uma busca por pacientes que tenham os sistomas e, através do exame do escarro, diagnosticar a doença. No Brasil, todo ano, mais de 70 mil pessoas contraem essa patologia, sendo que 4 mil chegam a morrer.

O principal sintoma da tuberculose é a tosse seca. Em alguns casos também acompanhada de muco. “É recomendado que as pessoas que estejam com tosse, há duas semanas ou mais, procurem um médico da Rede Municipal de Saúde para que o caso possa ser investigado e a suspeita da doença afastada. O diagnóstico precoce e a medicação adequada estão intimamente ligados ao sucesso do tratamento”, explica a secretária municipal de Saúde, Maria Marlene Gazonato.

Há ainda outros sintomas que podem aparecer além da tosse, como a febre vespertina (no período da tarde), suores noturnos, emagrecimento, cansaço ou fadiga.

O prefeito Dr. Alcides de Moura Campos Junior lembrou que em 24 de março é comemorado o Dia Internacional de Combate à Tuberculose, data escolhida para alertar à população mundial sobre a gravidade da doença e seus sintomas. “No período entre 11 e 25 de março iremos intensificar a ação para diagnóstico de possíveis pacientes. O importante é que todos saibam que tuberculose tem cura”, argumentou o prefeito, lembrando que no segundo semestre de 2019 a campanha contra essa enfermidade deverá ser reforçada seguindo o calendário e o cronograma do Ministério da Saúde.

Dr. Alcides lembrou que a prevenção é prioridade em sua gestão. “Graças a muito trabalho, conseguimos estruturar a nossa Saúde. Hoje, investimos 30% do nosso orçamento nesse setor. Recursos que nos permitem ter mais médicos, remédios, maior oferta de exames, respaldo técnico e financeiro à Santa Casa e, consequentemente, maior facilidade e abrangência, seja para detectar as doenças em estágio inicial ou mesmo para estimular a cultura de hábitos saudáveis através, por exemplo, das equipes do Programa de Saúde da Família, que também foram ampliadas. Estamos falando de um novo momento e de um novo jeito de fazer saúde pública, com responsabilidade e acima de tudo com resultados” finalizou o prefeito.